Alimentos e sua confeção ou tipologia

Hoje, depois de já algum tempo não publicar aqui nada, não por mal, nem por andar calma, mas porque estou com alguns episódios stressantes e dos quais não posso falar aqui. Resolvi partilhar um episódio que me aconteceu no sábado, pois estava a ver as minhas visitas no blog e reparei que alguém, também, blogueiro, passou pelo meu, deixou depois o link http://vencercrohn.blogs.sapo.pt/sobre-mim-552642 , e falava na alimentação à qual somos ou não intolerantes como ele disse, e muito bem, não há dois casos iguais.
No sábado acabei me deparando com uma situação que deixou sem dormir. Uma batata doce assada em forno de lenha bloqueou-me a digestão, coisa bastante invulgar, pois desde junho que as minhas refeições confecionadas à base de batata são confecionadas com batata doce e tal nunca me tinha acontecido. Escusado será dizer que só após as 10h da manhã de domingo e após muito chá príncipe, uma vez que não tinha lactulose em casa, é que consegui fazer com que a digestão retorna-se o seu curso habitual, mas hoje 2f não consegui ir trabalhar, parece que tenho a barriga corta e estou cheia de dores, embora esteja um pouco melhor que ontem. Ontem nem conseguia estar em pé.
Desculpem o uso dos termos, mas uma vez que somos doentes de crohn falamos muita vez na nos defecações. Uma vez que sou ostomatizada https://pt.wikipedia.org/wiki/Ostomiaconsigo verificar as minhas fezes e vi que o que tinha originado o bloqueio da digestão tinha sido os fios da batata doce, por isso muito cuidado com este tipo de batata.
No domingo à tarde quando a minha mãe veio a casa para uma pausa no seu trabalho, e estava ao telefone que com uma das minhas tias, que também tem a doença, falou nas castanhas que ela não pode comer pois a ela acaba por lhe fazer prisão de ventre e a mim por acaso não. Como sem problemas e faço a digestão.  Já as nozes é um dos frutos secos que não posso comer, pois causam muitos óleos na sua digestão e logo originam diarreias que aquilo que não se pretende no meu caso.
Quando informei a minha chefe ontem, que foi uma querida, a preocupação foi logo se eu não estava sozinha. Obrigada pela preocupação!
Há coisa de semanas tive uma consulta de medicina no trabalho onde falava com o médico por causa da alimentação, stress e tabaco.
O médico falou que, inicialmente, a doença surgia mais a pessoas não fumadoras por causa da nicotina, e que, hoje as experiências cientificas mostram que basta tirar o tabaco, o café, e a lactose e que tudo se resolve.
Ao que eu me pergunto: é melhor um antidepressivo ou um ansiolítico ou um cigarro?
Sei que o tabaco é prejudicial para a saúde e sei de pessoas que até usam o tabaco para emagrecer, mas como tudo na vida, o excesso é sempre o errado. Escusado será dizer que sou fumadora, mas fumo no máximo dos máximos 8 cigarros por dia, em dias normais entre 3 a 5 cigarros por dia, ontem, por exemplo, nem fumei. Quanto à lactose não consumo desde 2013 e sem glúten desde junho mas não na totalidade, pois os alimentos ou são de difícil acesso por não haver disponíveis em todos os supermercados ou financeiramente quase impossível de se comprar.
Sou contra o uso de ansiolíticos e antidepressivos acho que a alimentação correta é o suficiente a não ser em casos extremos, também já fiz usos deles, mas como disse foi um caso extremo, e sei que nessa altura nem podia conduzir sozinha tinha que ter sempre companhia.
Para além da alimentação que faço a pensar na proteína, porque é esta que ajuda a recuperar das lesões, também faço algum exercício físico, também, porque o meu trabalho exige um pouco da condição física e porque ajuda a desenvolver a serotonina https://pt.wikipedia.org/wiki/Serotonina, que nos faz sentir sempre muito bem.
Muito recentemente descobri um grupo no facebook também doentes de crohn.https://www.facebook.com/groups/Crohn.Entreajuda/

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Experiência kefir

Ja se passaram 4anos

Sacada do dia